[ editar artigo]

Projeto Emergência Animal atende animais de rua em Maringá

Projeto Emergência Animal atende animais de rua em Maringá

Da redação

É comum encontrarmos animais nas ruas abandonados, desamparados e sem cuidados. Mas, o que fazer quando esses animais sofrem algum acidente? Há quem recorrer? O que fazer?

A cidade de Maringá (PR) está de parabéns! Pensando na saúde dos animais abandonados, criou o projeto Emergência Animal, com o apoio do Corpo de Bombeiros que doou a ambulância adaptada para realizar atendimentos em casos de emergência para animais de rua.

De acordo com o diretor de Proteção e Bem-Estar Animal, Marco Antônio Lopes de Azevedo, a criação do projeto se deu a partir das altas demandas da população pela Secretaria de Meio Ambiente Bem-Estar Animal, para resgatar animais doentes ou feridos por atropelamento, ou quaisquer outros tipos de traumas.

Marco Antônio assegura ainda que a ambulância, além de ser toda preparada para o transporte e atendimento e primeiros socorros de animais, também será utilizada para divulgação de campanhas de conscientização sobre posse responsável, que serão realizadas em parcerias com instituições de ensino. "Nossa equipe de atendimento é composta por motoristas, veterinários e estudantes de Medicina Veterinária. Além disso, a ‘Emergência Animal’ reforça a preocupação com a causa animal e valoriza o trabalho realizado por ONG ́s e Protetores Independentes’’, enfatiza.

O projeto que tem parceria com ONG’s e Protetores Independentes, faculdades de medicina veterinária, clinicas veterinárias, que colaboram com a castração no município, além de Pet Shops e distribuidoras de ração, entrou em funcionamento neste mês de junho e atende nos horários das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h, somente para casos de atendimentos aos animais de rua e aos que estão abrigados pelas ONG’s. "Socorremos os animais abandonados, pois os tutelados são de responsabilidade de seus tutores. Os animais de rua são encaminhados para atendimento médico veterinário e em seguida, para doação ou em lares temporários", acrescenta o diretor.

Foto: Marcio Naka - Divulgação Prefeitura de Maringá.

Canal de Estimação
Canal de Estimação
Canal de Estimação Seguir

Informações para lhe manter bem informado e seu pet mais bem cuidado.

Ler matéria completa
Indicados para você