[ editar artigo]

Conheça algumas razões pelas quais os cães latem

Conheça algumas razões pelas quais os cães latem

Muitos tutores relatam que não conseguem fazer seus cães pararem de latir e que se sentem incomodados com isso, pois gera estresse em casa, na família onde este cachorro está e até para os vizinhos.

É muito importante que você descubra a causa deste latido excessivo o quanto antes, e tome as providencias de imediato.

Latir é um tipo de comunicação que os cães usam, e isso pode significar coisas diferentes, dependendo da situação.

Veja algumas razões pelas quais os cães latem:

Territorial e proteção:

Quando uma pessoa ou um animal entra em uma área que o seu cão considera território dele, ele tende a latir mais do que o normal. À medida que a ameaça se aproxima, o latido muitas vezes fica mais alto. Seu cão ficará alerta e até agressivo durante esse tipo de latido.

Alarme e medo:

Alguns cachorros latem com qualquer barulho ou objeto que chame a atenção deles ou os assuste. Isso pode acontecer em qualquer lugar, não apenas no território de origem deles.

Tédio e solidão:

Cachorros deixados sozinhos por longos períodos, seja em casa ou no quintal, podem ficar entediados ou tristes e muitas vezes vão latir porque estão infelizes e querem chamar sua atenção.

Saudação e brincadeira:

Os cachorros latem quando cumprimentam pessoas ou outros animais. Geralmente é um latido feliz, acompanhado de rabos inquietos e postura dócil e brincalhona.

Busca de atenção:

Cachorro latindo muito geralmente quer alguma coisa de você, como ir para fora, brincar ou receber um agrado, comida, água ou sua atenção.

Ansiedade de separação e latidos compulsivos:

Cães com ansiedade de separação geralmente latem excessivamente quando deixados sozinhos. Eles também costumam apresentar outros sintomas, como inquietação, destruição, depressão, urina e fezes em lugares impróprios.

Os latidos compulsivos parecem ser apenas para ouvir o som de suas vozes. Eles também costumam fazer movimentos repetitivos, como correr em círculos ou ao longo de uma cerca, canil ou quintal.

Como fazer o cachorro parar de latir.

Como vimos acima tudo está ligado, ou em sua maioria, à condições que nós mesmos criamos para nossos amigos de quatro patas. Então, é sempre importante que façamos ao máximo para manter a saúde física e mental de nossos cães!

Faça caminhadas regulares com seu cachorro sempre que possível, isso pode ser diário ou ao menos 3 vezes por semana. Caminhadas de 15 a 20 minutos farão muita diferença para ele e para você também sair do sedentarismo.

Sempre que estiver em casa, reserve algum tempo para dar atenção ao seu cachorro. Faça brincadeiras com ele e o estimule a correr atrás de uma bolinha ou bastão, por exemplo. A intenção nesta brincadeira é que ele se canse e extravase sua energia que está acumulada.

Responsabilidade 

Antes de adotar um cão ou qualquer outro animal de estimação procure saber sobre a raça, sobre o seu comportamento, suas necessidades e seus costumes para que você possa fornecer isso a ele.

Não podemos somente comprar ou adotar um animal porque o achamos bonito ou engraçado, isso é uma irresponsabilidade por parte das pessoas.

Temos que lembrar que ao levar um cão para casa, temos que, no mínimo, oferecer uma vida de qualidade para esse animal e respeitar todas as suas liberdades:  liberdade nutricional, liberdade de dor e doença, a liberdade estar livre de desconforto, a liberdade de expressão do comportamento natural e a liberdade de não sentir medo e estresse.


Veja outras orientações do médico veterinário David Filinto da Silva, sobre este assunto neste sexto capítulo da Sacada Pet aqui no Canal de Estimação.

 

Canal de Estimação
Ler matéria completa
Indicados para você