[ editar artigo]

EUA vai parar de usar gatos na pesquisa de toxoplasmose

EUA vai parar de usar gatos na pesquisa de toxoplasmose

Nesta terça-feira, 2, o Serviço de Pesquisa Agrícola (ARS) do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) anunciou que sua pesquisa sobre toxoplasmose foi redirecionada e que o uso de gatos “como parte de qualquer protocolo de pesquisa em qualquer laboratório foi descontinuado e não será reintegrado”. 

De acordo com o Dr. Chavonda Jacobs-Young, administrador da ARS, “a pesquisa em segurança alimentar na ARS é de suma importância para a agricultura e o público que servimos. Estamos continuamente avaliando nossas pesquisas e prioridades e alinhando nossos recursos aos problemas de maior prioridade nacional. Estamos animados com o próximo capítulo de trabalho para esses cientistas e este laboratório”, indica.

Nenhum gato foi sacrificado desde setembro de 2018

Em maio de 2018, depois de ouvir o feedback dos clientes e partes interessadas, o USDA anunciou que acabou realizando várias ações, incluindo comissionamento de revisões científicas externas e internas para avaliar o envolvimento da agência nessa área de pesquisa e a viabilidade de adoção para gatos utilizados na pesquisa.

Além disso, salientou que nenhum gato foi infectado por patógenos da toxoplasmose ou sacrificado desde setembro de 2018. “A pesquisa de toxoplasmose da ARS atingiu sua maturidade e a ARS considera os objetivos do projeto para a agricultura alcançados. Embora ainda existam pesquisas adicionais necessárias nessa área em relação à saúde humana, esta área de pesquisa está fora da missão declarada do USDA. O USDA continua comprometido com sua missão de encontrar soluções científicas para os problemas agrícolas mais críticos do país, com a adesão mais rígida aos padrões éticos”, finaliza o USDA.

Com informações do portal Agrolink.

Canal de Estimação
Canal de Estimação
Canal de Estimação Seguir

Informações para lhe manter bem informado e seu pet mais bem cuidado.

Ler matéria completa
Indicados para você