[ editar artigo]

5 passos para prevenir as doenças mais comuns no inverno em cães e gatos

5 passos para prevenir as doenças mais comuns no inverno em cães e gatos

Da redação

Além de dias e noites mais frios, o inverno traz com ele a possibilidade de cães e gatos sofrerem com algumas doenças mais comuns à estação mais fria do ano - a Traqueobronquite e a Rinotraqueite.

De acordo com o nosso parceiro, André Richter, médico veterinário e pesquisador da Universidade Federal do Paraná, algumas raças são mais suscetíveis a esses problemas respiratórios, como as braquicefálicas, aquelas que não têm focinhos, mas os cuidados preventivos devem ser para todos os animais. "Cães e gatos braquicefálicos são mais vulneráveis a essas doenças do inverno pelo fato de não terem umidificação correta nas vias nasais, e, assim, não conseguirem segurar os agentes agressores que vão direto para o sistema respiratório dos animais. Mas, as medidas preventivas dessas doenças devem ser para todos os animais, braquicefálicos ou não", ressalta.

Ricther explica que a Traqueobronquite é uma inflamação na base da Traqueia, que se dá antes de chegar a
nos brônquios, inflamando a Traqueia, provocando uma tosse excessiva ao animal, que inclusive, estimula o vômito. "A Traqueobronquite precisa ser tratada com antibióticos para bactérias Gram Positivas, aquelas que usam oxigênio, geralmente por 7 dias", esclarece.

Já a Rinotraqueite é uma doença crônica, associada à inflamação na Traqueia, causada por fungos ou bactérias resistentes que causam inflamação dos seios nasais."O tratamento também é feito com antibiótico para bactérias Gram Positivas, porém de uso contínuo, ou seja, sendo repetido a cada 3 dias para não correr o risco de voltar", considera.

A prevenção dessas doenças é importante e pode ser vital para o seu animalzinho. Afinal, elas começam na Traqueia e tomam conta do sistema respiratório inteiro, causando Pneumonia, e Pneumonia pode levar o seu bichinho à óbito.

Portanto,  siga alguns cuidados para manter a saúde do seu pet em dia neste inverno.

1 - Não passear com o animal na rua nem em dias de muito frio, nem em dias de muito calor;
2 - Mantenha o animal sempre bem hidratado, leve água para eles durante o passeio;
3 - Use sprays de umidificação com sorinho no focinho, claro, de maneira leve e sem exageros;
4 - Mantenha as vias nasais limpas com antifúngicos. Para isso, procure o seu veterinário de confiança;
5 - Se você tem um braquicefálico em casa e dorme com ele no quarto com aquecedor ligado, use umidificador, tanto para clima muito frio quanto dias de muito calor.

Seu amigão vai lhe agradecer!

Canal de Estimação
Canal de Estimação
Canal de Estimação Seguir

Informações para lhe manter bem informado e seu pet mais bem cuidado.

Ler matéria completa
Indicados para você