[ editar artigo]

Banho e tosa: você sabe com que frequência deve fazer em seu pet?

Banho e tosa: você sabe com que frequência deve fazer em seu pet?

Estamos nos despedindo do verão e nos preparando para a chegada das temperaturas mais brandas. No entanto, seja no verão ou no inverno é preciso manter os cuidados com os pets em dia. Hoje vamos saber quais cuidados precisamos ter com relação à pelagem do nosso amigão.

De acordo com a Groomer do Sweet Lounge Pet em Curitiba, Lindsay Tavares, o primeiro passo é sempre procurar uma avaliação técnica de um especialista para saber o cuidado específico a cada tipo de pelo.

Assim como cada pelagem tem sua particularidade, a frequência de banho e escovação também varia de acordo com cada animal. "Cães de pelagem longa e lisa, por exemplo, como a dos ShitTzu, lhasa e Yorkshire, a escovação deve ser feita com mais frequência, como três ou mais vezes por semana", orienta. 

A Groomer explica, ainda, que os pets de pelagem primitiva, ainda que tenham pelo longo, a escovação deve ser  feita com menor frequência. Este é o caso dos  Spitz, Chowchow , Samoiedas e até os Goldens . "Esses devem ser escovados uma vez por semana com escova de pinos para não retirar a camada de subpelos", ressalta.

Já os pets de pelagem curta , o banho pode ser semanal e a remoção do pelo morto - aquele que cai em casa, pode ser feita nos mesmos dias de banho, orienta.

Tosar no verão ou no inverno. Eis a questão!

Ao contrário do que imaginamos, os pelos dos animais funcionam como um tipo de isolamento térmico, impedindo que a temperatura externa machuque sua pele. Ou seja, no inverno, eles funcionam como um cobertor e no verão, como uma  "geladeira".  Portanto, a tosa pode expor os animais a um risco de superaquecimento e, possivelmente, queimaduras de pele se ficar muito sob o sol, atenta a especialista. "No entanto, aparar os pelos duas vezes ao ano é altamente recomendável. Isso é imprescindível para eliminar os fios rebeldes, deixar o couro cabeludo respirar e renovar os pelos velhos para que novos nasçam", detalha Lindsay.

Quanto ao melhor período do ano para tosar, recomenda-se o outono e a primavera. Nessa época as temperaturas ainda estão amenas, nem calor e nem frio demais, o que evita danos à pele. 

Lindsay considera, ainda que a frequência de banhos varia conforme a raça do animal. "Aconselhamos que um Spitz deva tomar banho a cada 15 dias para não tirar todo o sub pelo dele. Para os outros cães, aconselhamos que o banho seja semanal, lembrando que tudo que é de mais faz mal, e isso vale, também para a rotina de banho dos pets. Muito banho no cachorro faz mal sim, pois, tira toda a camada de gordura do corpo e do pelo, deixando a pele muito sensível e exposta para algumas doenças, além de ressecar a pelagem.


Você terá outras dicas e orientações sobre banho e tosa durante o evento Dia de Pet verão, que acontecerá neste sábado, 16, das 10h às 17h, no restaurante O Jardineiro. 

A entrada é gratuita e seu pet é bem-vindo.

Veja a programação completa do Dia de Pet verão.

Canal de Estimação
Pauline Machado
Pauline Machado Seguir

Diretora Editorial do Canal de Estimação e apresentadora do programa Canal de Estimação, exibido pelo RIC Play - plataforma digital do Portal de Notícias do Grupo RIC | Rede Record do Paraná. Há 14 anos desenvolve ações em prol dos animais.

Ler matéria completa
Indicados para você