Saiba por que é importante escovar os dentes de cães e gatos

Nós temos o hábito de escovar os dentes todos os dias. Também educamos as crianças sobre a importância do cuidado com os dentes e fazemos com que eles também criem este hábito. Com os nossos pets não deve ser diferente.

 

É fundamental que os responsáveis pelos animais fiquem atentos à higiene oral de seus cães. O investimento, além de ser uma prova de amor, é extremamente necessário, já que assim como os seres humanos, a saúde do animal também começa pela boca.

 

Para nos ensinar tim tim por tim tim, como tornar esta tarefa um hábito gostoso para ambas as partes, conversamos com a médica veterinária especialista em odontologia, Isabella Cito.

 

De acordo com ela, o primeiro passo é que o responsável pelo animal compreenda a sua importância e estimule a escovação como algo legal, independentemente da idade do bichinho.

 

No mercado já é possível encontrar pastas de dente própria para animais com sabores parecidos com os da ração. Normalmente as no sabor galinha são as preferidas por eles. Como esta pasta é muito palatável e eles gostam muito, o indicado é que ela seja oferecida como petisco, para quando o tutor for pegar o tubo eles não associarem a alguma coisa que possa machucar, a algum remédio ou coisa do tipo que lhes cause algum incômodo, orienta a veterinária.

 

Por isso, o ideal é que nos cinco primeiros dias, o responsável apenas coloque a pasta no seu dedo como uma comidinha, para o animal conseguir comer e associar isso a algo legal e divertido, explica Isabella.

 

“A partir do momento em que o bichinho estiver pedindo mais pasta, o responsável deve começar o movimento de escovação movendo só o seu dedo nos dentinhos. Ao contrário, se já for usar a escova, o animal pode se assustar, porque ele não sabe que aquilo é uma escova e nem para o que serve. Então, a tendência deles é sair de perto e impedir a escovação”, alerta.

 

Depois que o pet estiver acostumado, o tutor deve fazer o mesmo procedimento usando gaze, que ainda é a melhor recomendação, independente do nível de placa bacteriana. Segundo a veterinária, o uso da gaze causa o mesmo efeito que a escova, mas não machuca tanto a gengiva. Discos de algodão também são boas opões, acrescenta. “Posteriormente, a escovação pode ser feita por meio de uma dedeira de silicone, pois, mesmo que a escova seja apropriada para animais, em alguns casos fica difícil de escovar em bichinhos de pequeno porte. Para animais de grande porte, o recomendado é usar a escova de dente apropriada para animais, por terem as cerdas mais moles”, justifica.

 

Vale lembrar que, assim como nós, a escovação deve ser diária, no entanto, uma vez ao dia, e, em animais a partir de 4 ou 5 meses de idade.

 

Por Pauline Machado, jornalista e editora do Canal de Estimação.